La soledad confusa: (1929-1930)

  • Compostela
  • Nós
  • 1932
  • 58 p. ; 20 cm
INFO:

Carvalho supera o modernismo neste seu segundo e derradeiro livro de poemas em espanhol. É uma poesia em que prima a estética sobre a temática. Dele diria em Nós Bouza-Brey: “[…] romances octosílabos, gardadores de temas bíbricos inzados de modernidade, de un erotismo fresco e inxel.”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Este sítio web utiliza 'cookies' próprias e de outrem. Ao premir aceitar, concordas com isto.