Castelao, segundo é sabido, propugnava, como todos os componentes do grupo “Nós”, a aproximaçom ao português, e ainda ia mais alô

La Voz de Galicia (A Corunha), quarta-feira 27 de dezembro de 1978, pág. 3. Reeditado em Da fala e da escrita (1983), pp. 109-111

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Este sítio web utiliza 'cookies' próprias e de outrem. Ao premir aceitar, concordas com isto.