As medidas para a defesa de Madrid consistiram em pedir-nos a nossa filiaçom e inscrever-nos como milicianos no Batalhom da FETE que se está organizando. (Casado, cap. XVIII da 2ª parte) Antes tivemos que identificar-nos, e foi a primeira vez que pudem amostrar um documento satisfatório: o que me acreditava como membro do Batalhom da Federaçom Espanhola de Trabalhadores do Ensino, o batalhom «Félix Bárzana», assi chamado em honor de um mestre morto, seica em Somosierra, nos primeiros combates. (Casado, cap. XVIII da 2ª parte)

Carvalho alista-se numa unidade de milicianos composta por profissionais do ensino e sindicalistas, um batalhão da FETE-UGT que recebe o nome do mestre comunista Félix Bárzana, morto nos primeiros momentos da guerra

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Este sítio web utiliza 'cookies' próprias e de outrem. Ao premir aceitar, concordas com isto.